Arquivo para julho, 2011

Redes sociais: amizades verdadeiras x novas formas de se comunicar – I Samuel 18:3

Posted in Bíblia with tags , , , on 21/07/2011 by Diego

Significado da palavra “amigo”: 1 Que tem gosto por alguma coisa; apreciador. 2 Aliado, concorde. 3 Caro, complacente, dileto, favorável. 4 Dedicado, afeiçoado. sm 1 Indivíduo unido a outro por amizade; pessoa que quer bem a outra. 2 Colega, companheiro. 3 Amador. 4 Amante, amásio. 5 Defensor, protetor. 6 Partidário, simpatizante. 7 Aliado.

Após Davi ter matado Golias, sua coragem foi notada pelo rei Saul e ele passou a ficar na companhia do rei e recebeu um posto elevado no exército pela sua coragem.

Com essa proximidade no reino, Davi acabou fazendo uma amizade com o filho de Saul, Jônatas. Essa amizade era pura e nos ensina muitas coisas sobre o verdadeiro significado de ser um amigo.

1 – Ser amigo envolve compromisso sincero – 18:3

Jônatas fez estabeleceu um acordo, um compromisso com Davi. Propôs no seu coração que seria verdadeiro com Davi. Mesmo depois que Saul procurou matá-lo, Jônatas o protegeu e lhe deu condições de fugir e livrar sua vida, tudo por causa do pacto que eles tinham feito!

Amizade envolve compromisso. Os pensamentos são diferentes. A forma de agir também. A base de uma amizade é a verdade. A sinceridade. Todos nós temos defeitos e nossos amigos também. Muitas vezes teremos que falar alguma coisa que não vai agradar nosso amigo e ouvir também. Mas isso é bíblico e faz parte da amizade: Assim como o ferro afia o ferro, o homem afia o seu companheiro. Provérbios 27:17

2 – Ser amigo é compartilhar…  – 18:4

Jônatas não teve um momento sequer de ciúme de suas coisas. Deu o que era melhor para Davi: Seu manto (manto real), sua túnica (túnica real) e até sua espada e seu cinturão.

Pense naquilo que você mais gosta! Aquele super vestido comprado no shopping ou um tênis da Nike lançamento 2011…Foi exatamente isso que Jônatas ofereceu para Davi: o melhor!

Se queremos fazer amigos, estamos dispostos a compartilhar nossas coisas? Nosso tempo?

3 – Amigos protegem um ao outro – 20:9

Saul resolveu tirar a vida de Davi por inveja. Jônatas ficou sabendo disso e arquitetou toda a fuga de Davi de forma cinematográfica. Jônatas propôs proteger Davi a todo o custo. Arriscando sua vida por ele.

Nossa sociedade nos diz: “cada um com seu problema”… “azar o dele”

Somos influenciados a buscar apenas nosso bem estar. Talvez seu amigo ou amiga não corra perigo de vida. Mas ele pode estar indo para as drogas, ser viciado em bebida e principalmente ele pode não ter aceitado Jesus. Nossa responsabilidade como amigo leal é alertá-lo sobre os perigos que ele corre se continuar na mesma atitude.

4 – Amizades verdadeiras jamais acabam – 20:13

 A amizade entre os dois não estava restrita a uma vida. O pacto deles se estendeu até gerações. Era algo muito maior que uma amizade comum. Tanto que muito tempo depois, após a morte de Jônatas, O agora Rei Davi se lembra na amizade de Jônatas e de seu juramento e procura por toda a parte até achar um filho de Jônatas que se chamava Mefibosete. Davi o leva para o palácio e passou a morar lá como um príncipe.


Novos tempos, conceitos eternos.

 Depois de estudar essa história, aprendemos que amizade é algo muito mais profundo do que adicionar alguém numa rede social. Amizade é compromisso, entrega e honra.

A internet é nos dá várias ferramentas pra gente estreitar nossas amizades através das redes sociais. O problema é que muitas vezes nós não aplicamos os conceitos de amizade através das redes. Tudo é muito superficial, muito individualista. A conversa tá chata, fica offline. Não quer conversar com alguém, entra “invisível”. Não quer que ninguém saiba o que acha de algum assunto, posta como anônimo!

Hoje estamos carentes de amigos à moda antiga. De sentar, bater papo, rir, chorar…O mundo nos impõe uma amizade superficial, apenas virtual. A bíblia diz que Quem tem muitos amigos pode chegar à ruína, mas existe amigo mais apegado que um irmão. Provérbios 18:24

Que sejamos amigos virtuais, porém reais em nossa vida e em nosso coração!

Anúncios

Veritas vos liberabit

Posted in Bíblia, Cotidiano with tags on 16/07/2011 by Diego

Verdade: Realidade. Exatidão. Aquilo que é ou existe.

Como essa palavrinha mágica tem mexido comigo nos últimos dias. Não sabia as consequências reais de se praticar Efésios 4: 25: ” Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo…”.

Descobri por exemplo que a verdade incomoda, machuca quem fala e quem ouve. Provoca reações diversas, traz à tona o caráter das pessoas. E como diz nosso amigo João Alexandre: “Quem diz a verdade nem sempre vive cercado de amigos, mas viver de mentiras só faz bem pro inimigo”.

Vivemos num mundo corrupto e malandro. Como a mentira e a falsidade têm enraizado nossa sociedade de forma tão ágil! Achamos mais fácil dar um “migué” e contar uma mentirinha pra sair “bem na fita”. Não temos assumido nosso compromisso com Deus de ser verdadeiro e pagar o preço por isso.

Sempre me lembro dos amigos de Daniel querecusaram a curvar-se perante o rei e pagaram o preço por isso. Usando como figura de linguagem, se curvar à estátua pode ser comparado hoje a se render a mediocridade e a política da boa vizinhança para ser “bem” aceito na sociedade e nos grupos em que convivemos (escola, trabalho, igreja, família).  E como é fácil mentir ou mesmo dizer meias verdade, enganar o outro, usar de falsidade.

A prática de dizer a verdade muitas vezes pode ser interpretada como arrogância ou ser desconfiança para com as pessoas. Mas ela é necessária pois nossa consciência nos livra de qualquer incômodo.

É claro que aprendi também que certas verdades devem ser ditas na hora certa e da maneira certa. Sair dando uma de super sincero, atirando verdades (que precisam ser ditas) mas da maneira errada não traz o benefício esperado. Sempre prontos para ouvir e tardios para falar. Mas fale!

Quando lembramos que o Senhor Jesus é A VERDADE, nossa disposição em ser verdadeiro é outra, pois sabemos que isso vem de Deus, é essência dEle! E quando praticamos isso, nós notamos a diferença que essa prática faz em nossas vidas. Passamos credibilidade, as pessoas confiam naquilo que dizemos e fazemos e, por mais redundante que possa parecer, a mentira e a falsidade se afastam de nós. E mais, não temos ideia do benefício que uma verdade dita a alguém faz na vida dessa pessoa. E não só nas pessoas: no ambiente de trabalho, na nossa casa, na igreja e entre nossos amigos. Atitudes mudam, vidas são transformadas, processos são revistos, tudo pela boa prática de se ter uma atitude verdadeira.

Por esses dias fomos em um lugar onde passávamos por uma estrada de chão e o carro ficou numa situação deplorável, de branco ficou marrom. No outro dia pela manhã acordei e fui dar uma ducha para tirar a sujeira. A medida que a água cristalina era jogada, aquele barro ia saindo e o branco dava de novo seu brilho. A verdade faz isso também. Ela é como uma água purificadora que retira aquele barro da falsidade e mentira e revela a quem nós pertencemos. O branco de Cristo em nossa vida reluz como nunca e esse testemunho é que faz a diferença na nossa vida e na vida das pessoas.

Que possamos lembrar que “o Senhor odeia os lábios mentirosos, mas se deleita com os que falam a verdade.”

A verdade vos libertará!