Cedo ou Tarde


Cedo ou tarde o sol se põe
O horizonte azul já perdeu seu tom
É hora do pardal parar de voar,
Saber onde chegar, encontrar o seu lar
Os detalhes, as cores vibrantes,
Dão lugar ao cinza distante
O brilho da lua e estrelas são apenas vagas lembranças
Da luz de um sol que está do outro lado brilhante, errante…

Cedo ou tarde o sol virá
As gotas do orvalho anunciam sua chegada
A lua dá seu último suspiro.
E o pardal? Esse, desperta para mais uma jornada, guiada pelo seu Criador.
As vagas lembranças de um dia de sol, tornam-se agora, uma verdade só:
Que o brilho está perto e as cores dão o novo tom, para o dia que acabou de raiar!

Cedo ou tarde, vai passar…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: