Archive for the Cotidiano Category

Sobre tubarões e sardinhas

Posted in Cotidiano with tags , on 19/04/2013 by Diego

imagesCA1YGCC1

Por Diego Matos

“Se você quer ser sardinha, ande com sardinhas. Se quer ser tubarão, ande com tubarões”. Essa frase foi dita pelo  fundador de uma empresa de plano de saúde em uma matéria da Revista Exame.

Quem vive no mundo corporativo sabe muito bem que essa frase infelizmente ainda se aplica nas organizações. Pessoas cuja ganância fala mais alto que o bem comum da empresa. É um rolo compressor que passa sobre qualquer traço de caráter e honestidade. O dinheiro a qualquer custo. Sempre!

Não sou contra quem enriquece e é bem sucedido.  A questão toda é quando os limites da ética são ultrapassados e os tubarões atacam ferozmente, buscando seus próprios  interesses e objetivos.

Ser sardinha e ainda andar com outras, pode parecer um tanto quanto impopular e sem ambição – adjetivos que o mercado de sucesso não absorve. Fica clara a eterna luta entre o poder e o proletariado. E é fato que as melhores oportunidades  estão, na maioria das vezes, na comunidade dos tubarões e, se não estiver disposto a estar com eles e se tornar um deles provavelmente sua carreira na organização ficará comprometida.

Tenho repensado  ultimamente a definição de sucesso na carreira profissional.  Somos contaminados pela mídia que precisamos estar no topo sempre. Seja através de um simples Smartphone ou tendo um carro que lhe tará respeito na sociedade. E isso é tentador!  Ainda mais que: Se tornando e andando com tubarões, o resultado geralmente é muito rápido mas o estrago é  maior e intenso. A transformação em um tubarão nos põe escamas nos olhos e passamos a não enxergar mais valores fundamentais e absolutos que mantém nossa integridade.

Um grande erro dos tubarões é achar que as sardinhas são motivadas apenas pelo dinheiro. Não! Uma nova geração de líderes quer resgatar princípios como a justiça e coerência nas empresas. São fatores que motivam o funcionário a produzir, sabendo que o fruto do seu trabalho resultará em benefícios legítimos para o todo, não apenas para pequenas partes interessadas. Esse é o verdadeiro sucesso. A força  motriz de uma organização saudável que não deixa os princípios e valores apenas na parede.

Sim. Prefiro andar entre as sardinhas e ser uma.

Beija-flor de elite

Posted in Cotidiano with tags , on 18/10/2012 by Diego

Baseado em fatos palestras reais!

Há muito tempo atrás uma floresta cheia de árvores, pássaros e flores começou a pegar fogo. Os animais corriam tratando de salvar sua própria pele. Foi ai que um leão parou ao ver que um beija-flor pegava água do rio, jogava no fogo e voltava pro rio.

– Ah beija-flor! Você acha que sozinho vai apagar esse fogaréu todo? – Disse o leão.
E o beija-flor respondeu:
– Sei que não posso apagar esse fogo sozinho, estou apenas fazendo a minha parte.

Moral da história: Faça sua parte. Pô, mas vamos pensar e ver todas as possibilidades!

O que fazer com suas fotos digitais?

Posted in Cotidiano with tags on 16/05/2012 by Diego

O que você faz com aquele bando de fotos enfadonhas que você tira naquele casamento da amiga de seu primo? Geralmente são fotografias tiradas com aquela máquina de R$ 299,00 tipo Tecpix, a noite, sem foco e com o flash ruim. Aí que a coisa complica!

Essas milhares de fotos muitas vezes ficam “pegando poeira” em nosso cartão de memória, inúmeras pastas no PC ou notebook. E nunca, NUNCA sabemos o que fazer, além do medo de excluí-las!

Peguei algumas ideias na net para tentar minimizar esse problema e para que você possa tirar e guardar essas memórias!

Guardando suas fotos

  • Limpe a memória da sua máquina ou celular e transfira tudo para seu PC ou notebook;
  • Separe suas fotos por ocasião em que foram tiradas em pastas. Por exemplo: Férias 2010; Casamento do fulaninho…;
  • Vá em cada uma dessas pastas e EXCLUA aquelas fora de foco, com cabeças cortadas, poses indesejadas…Você vai saber quais são…rs…rs…;

Revelando suas fotos

  • Em cada pasta criada, faça uma nova seleção daquelas fotos realmente relevantes e com as melhores poses, paisagens e momentos mais inesquecíveis da viagem ou festa ou evento;
  • Selecionadas as fotos, você pode optar por criar um album virtual, postar no Facebook ou melhor ainda: REVELÁ-LAS!
  • Depois de revelar, você pode excluir suas fotos ou guardá-las em “nuvens” na internet, em CD ou DVD, o que não aconselho muito. O importante é liberar espaço em disco para não prejudicar a performance do seu HD.

Hoje existem vários sites como o http://www.fotoregistro.com.br/ em que você faz um cadastro, envia suas fotos e monta seu álbum totalmente personalizável, recebendo na sua casa. É muito prático e uma forma bem divertida criar seu próprio álbum.

Uma dica legal vem de um amigo, que revela as fotos de suas viagens e insere no álbum algum folder do local aonde foi, cupom fiscal de restaurantes interessantes. É bem legal!

Espero ter ajudado. Agora você pode tirar suas fotos à vontade!

Se quiser dicas de como tirar uma boa foto com sua máquina mais simples ou celular, achei 13 dicas bem legais que vão te ajudar. Confira!

http://www.efetividade.net/2009/04/23/top-13-dicas-para-tirar-melhores-fotos-casuais-com-sua-camera-digital-ou-celular/

Dia das Mães – Para nossa alegria!

Posted in Cotidiano with tags on 09/05/2012 by Diego

Homenagem (bem humorada) a todas as mães nas vozes (e risadas) marcantes do Jefferson e Suellen

Sim, Senhor x Não, Senhor

Posted in Cotidiano, Uncategorized with tags , on 18/12/2011 by Diego

 

 

 

 

 

 

 

Escolhas que faço são  NÃO e SIM

Parece difícil  e é simples assim

Quando paira a dúvida em meu coração

Recorro  à Palavra que traz a razão

 

O “Não” é a tudo que o mundo no diz 

Deixar Deus nos mostrar sua vontade eficaz

Dizer “Sim” ao sedento de amor e de pão

E a Palavra, o amor e verdade


Se aos olhos do mundo o SIM é o NÃO

Preciso saber o que traz direção

Não é minha vontade que quero seguir

É a voz de Jesus que sempre vou ouvir

 

 

Estava assistindo por esses dias o filme do Jim Carrey – Sim, Senhor (Yes man), que conta a história de um cara que falava não pra tudo, até que um dia encontrou com um amigo, que lhe convidou para uma palestra de auto ajuda. A proposta era dizer sim pra toda e qualquer situação. E a partir daí ,a vida dele tomou outros rumos. Andei pensando em como podemos balancear essas duas palavrinhas tão fortes!

Geração Y – Parte 2

Posted in Cotidiano with tags on 15/08/2011 by Diego

Leia antes:  Geração Y – Parte 1

Resolvi voltar a esse tema depois de ouvir algo que me impactou muito: “Devemos escrever menos e agir mais”. E isso tem tudo a ver com a minha geração, a chamada Y.

Hoje temos à nossa disposição um arsenal de redes sociais para que possamos expressar sentimentos, o que estamos fazendo, onde estamos indo e até mesmo o que desejamos comprar. O que tem nos movido são as palavras.

E se há algo positivo nisso é que a informação circula com muito mais rapidez e bem mais clara se compararmos, por exemplo, com os modelos tradicionais de comunicação. Dia desses estava tendo uma manifestação de alunos em minha cidade e pude acompanhar tudo pelo Twitter, desde como estava o trânsito, quais lugares estavam congestionados e como os manifestantes estavam se sentindo naquele momento. Tudo muito intenso!  Este é um exemplo de como a forma de se comunicar está mudando. E nossa geração está vivendo este processo.

Hoje não cabem mais aqueles jornais impressos enormes que não conseguimos nem dobrar. As mídias ditas “tradicionais” estão tendo que se adequar enxugando informações, diminuindo o número de páginas. A era do Jornal Nacional está acabando.  Para nós as notícias apresentadas pelo casal global já estão velhas!

Porém, o grande problema com as redes sociais é que nos dá oportunidade de falar demais e agir pouco. Isso tem me incomodado. Temos muita iniciativa e pouca terminativa. Não estamos dispostos a pagar o preço. Tem que ser tudo imediato e fácil. Se houver um pequeno probleminha que seja já queremos desistir e para nós não serve.

Esse mundo tecnológico tem criado uma geração que não quer produzir. Não quer “fazer com as próprias mãos”. E isso é algo grave que temos deixado de lado e precisamos resgatar. Precisamos saber que existe tecnologia a nosso favor e saber usá-la sempre na intenção de impactar positivamente pessoas e não simplesmente querer coisas. Este é o grande desafio de nossa geração!

Continuo na próxima falando sobre nossa geração no contexto da igreja.

Taí um video bem resumido sobre geração Y:

Veritas vos liberabit

Posted in Bíblia, Cotidiano with tags on 16/07/2011 by Diego

Verdade: Realidade. Exatidão. Aquilo que é ou existe.

Como essa palavrinha mágica tem mexido comigo nos últimos dias. Não sabia as consequências reais de se praticar Efésios 4: 25: ” Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo…”.

Descobri por exemplo que a verdade incomoda, machuca quem fala e quem ouve. Provoca reações diversas, traz à tona o caráter das pessoas. E como diz nosso amigo João Alexandre: “Quem diz a verdade nem sempre vive cercado de amigos, mas viver de mentiras só faz bem pro inimigo”.

Vivemos num mundo corrupto e malandro. Como a mentira e a falsidade têm enraizado nossa sociedade de forma tão ágil! Achamos mais fácil dar um “migué” e contar uma mentirinha pra sair “bem na fita”. Não temos assumido nosso compromisso com Deus de ser verdadeiro e pagar o preço por isso.

Sempre me lembro dos amigos de Daniel querecusaram a curvar-se perante o rei e pagaram o preço por isso. Usando como figura de linguagem, se curvar à estátua pode ser comparado hoje a se render a mediocridade e a política da boa vizinhança para ser “bem” aceito na sociedade e nos grupos em que convivemos (escola, trabalho, igreja, família).  E como é fácil mentir ou mesmo dizer meias verdade, enganar o outro, usar de falsidade.

A prática de dizer a verdade muitas vezes pode ser interpretada como arrogância ou ser desconfiança para com as pessoas. Mas ela é necessária pois nossa consciência nos livra de qualquer incômodo.

É claro que aprendi também que certas verdades devem ser ditas na hora certa e da maneira certa. Sair dando uma de super sincero, atirando verdades (que precisam ser ditas) mas da maneira errada não traz o benefício esperado. Sempre prontos para ouvir e tardios para falar. Mas fale!

Quando lembramos que o Senhor Jesus é A VERDADE, nossa disposição em ser verdadeiro é outra, pois sabemos que isso vem de Deus, é essência dEle! E quando praticamos isso, nós notamos a diferença que essa prática faz em nossas vidas. Passamos credibilidade, as pessoas confiam naquilo que dizemos e fazemos e, por mais redundante que possa parecer, a mentira e a falsidade se afastam de nós. E mais, não temos ideia do benefício que uma verdade dita a alguém faz na vida dessa pessoa. E não só nas pessoas: no ambiente de trabalho, na nossa casa, na igreja e entre nossos amigos. Atitudes mudam, vidas são transformadas, processos são revistos, tudo pela boa prática de se ter uma atitude verdadeira.

Por esses dias fomos em um lugar onde passávamos por uma estrada de chão e o carro ficou numa situação deplorável, de branco ficou marrom. No outro dia pela manhã acordei e fui dar uma ducha para tirar a sujeira. A medida que a água cristalina era jogada, aquele barro ia saindo e o branco dava de novo seu brilho. A verdade faz isso também. Ela é como uma água purificadora que retira aquele barro da falsidade e mentira e revela a quem nós pertencemos. O branco de Cristo em nossa vida reluz como nunca e esse testemunho é que faz a diferença na nossa vida e na vida das pessoas.

Que possamos lembrar que “o Senhor odeia os lábios mentirosos, mas se deleita com os que falam a verdade.”

A verdade vos libertará!